Cachorro também precisa de férias?

By 11 de julho de 2016 Dicas & Curiosidades No Comments

As férias de inverno estão chegando, época de dar uma escapadinha rápida para descansar. Mas já planejou as férias do seu cão? Vamos conversar hoje sobre as opções disponíveis, pois acredito que organização e planejamento antecipados são os segredos do sucesso e tranqüilidade. O primeiro passo é avaliar o destino da viagem, distância, tempo que a família ficará fora e o perfil do cão, com essa análise feita vamos ver a melhor opção para cada perfil. Se a família decidir levar o cão junto, ótimo, ele irá adorar esses dias de diversão. No Brasil já existem hotéis que aceitam animais, mas é preciso avaliar o perfil e porte do cão, talvez ele precise ficar sozinho em alguns momentos, será que ficará bem? Caso o destino seja a casa de algum familiar é bom verificar se aceitam o hóspede canino também, a segurança do local e se existem outros animais na casa. Eu não aconselho misturar cães de portes muito diferentes, pois podem acontecer acidentes. Caso anfitriões tenham um gato, ele aceita o convívio com um cão ou será um estresse para ambos? Além disso, lembre-se sempre de usar o cinto de segurança, levar o kit de primeiros socorros, a carteira de vacinação e o atestado de viagem.

Infelizmente ele não poderá ir junto, vamos pensar em alternativas. Ele pode ficar na casa de algum parente? Converse claramente com o familiar, esclareça todas as dúvidas, faça uma planilha da rotina do cão e de medicações de uso contínuo, quando for necessário. Deixe o contato do veterinário e telefones de emergência. Neste caso vale também lembrar a regra de outros pets na mesma casa.
Outra opção disponível hoje em dia é o serviço de um pet sitter, profissional especializado que vai até a sua casa, passeia ou brinca com o cão, oferece comida e água, limpa os dejetos e fornece momentos de carinho e convivência. Nesse caso é imprescindível conhecer o profissional e checar referências. Vale avaliar o perfil do cão, ele ficará bem nos momentos que ficará sozinho? É dócil? Aceitará a presença do cuidador? Esta é uma boa opção para cães dóceis que não gostam de sair de casa.
E não podemos nos esquecer dos tradicionais hotéis para cães que são ótimas opções. Existem muitos cães que adoram conviver com outros animais, brincam e se divertem. Quando optar por esta alternativa visite o local com antecedência, peça indicações aos conhecidos, cheque referências, avalie a higiene e segurança, e faça uma pré-reserva, pois esta época costuma ser bem movimentada. Se o cão nunca ficou no local faça um teste e o deixe por uma noite, principalmente se a estadia for longa. Esta também é uma boa opção para cães que precisam de cuidados especiais ou tomam medicações contínuas, pois normalmente os hotéis contam com equipe veterinária de plantão.
Converse sempre com seu veterinário antes, ele é a pessoa mais indicada para ajudar a decidir qual a melhor alternativa para cada cão. E lembre-se de relaxar e se divertir, e guardar energias para curtir seu companheiro durante ou após a viagem.assinatura_artigo_carin